Certa vez, conduzindo uma reunião de conselho consultivo em empresa da indústria imobiliária, um membro do conselho, desconfiado com a eficácia dos métodos de planejamento e controle de gestão empresarial, fez a pergunta: “Por que perdemos tanto tempo nessas reuniões de planejamento e controle, se na prática, acontecerá tudo de forma diferente?” Antes que eu respondesse, outro conselheiro, executivo da área de vendas, respondeu-lhe de bate-pronto: “Para que na hora da verdade a gente saiba improvisar com o melhor repertório possível…”.

Clique aqui para ver artigo completo no Linkedin…